Me namoro

É furada.

2020.11.29 06:29 _gabrong É furada.

Tentei manter amizade após o término de namoro e foi a maior auto sabotagem que pude fazer por insistir numa amizade que só me deixou preso no nosso passado imaginando que algo poderia acontecer novamente, agora não sei como me afastar sutilmente pra não deixar uma má imagem, se bem que não sei se deveria me importar com isso.
submitted by _gabrong to desabafos [link] [comments]


2020.11.29 02:45 ogato1 Quais critérios vcs usam para terminar com alguém?

Estou pensando muito em terminar meu relacionamento, ele é bom e nós nos amamos, mas há muitas brigas que não podem ser resolvidas e conversas sem resultados. Como por exemplo ela não esquecer minha ex, ou sempre me acusar de estar errado e fazer tudo errado nas coisas mais simples como passar pano, não é o jeito que ela faz então errou, coisas como eu querer ter um dia de paz e Ela já achar que estou querendo terminar, isso me cansou até chegar o momento que eu cogitaria terminar. Ela não tem perspectiva de futuro como eu, quer casar daqui a dois anos e ter filhos e não pensa em estudar, largou a faculdade, sempre arruma brigas comigo e fica sem falar cmg, e o pior de tudo é que tenho dó de terminar, afinal ela é sozinha já que o paí e os irmãos abandonaram e a mãe dela é toda ruim, os amigos dela são os meus e Ela é toda crente em espiritismo, diz que tem obsesores perto dela, além do problemas psicológicos em relação ao abandono e solidão. Hoje fui conversar com ela sobre eu não gostar de algo e ela surtou comigo, um amigo nosso veio beber conosco, ela ficou mal, dava trabalho e ficava falando que eu não gostava dela, que eu não gosto da companhia dela e que eu só brigo com ela, começou a chorar muito (ela chora por tudo mesmo a conversa mais simples)até que ela tomou um antialérgico e dormiu. Estou cogitando em terminar já que não somos mais iguais e Ela não vê que precisa mudar e se tratar, isso está me sugando tanto mas tenho medo de deixá-la pois ela é sozinha, ameaça se matar, eu sou o centro da vida dela e eu vejo o quanto faço bem a ela. Tenho medo de terminar e isso está me sugando, mesmo que eu a ame nao quero ser o pai dela, alguem que nao pensa igual a mim não deve estar junto, mesmo que tenhamos 2 anos de muita alegria pois até que é bom o namoro . Não quero ficar com a mente fodida por isso. Me digam conselhos sábios por favor e obrigado por ler!!
submitted by ogato1 to desabafos [link] [comments]


2020.11.28 07:13 Somrandguy Terminei um namoro de 5 anos

É isso, depois de 5 anos de planejamento pra caralho pra eu visitar ela lá na puta que pariu, ela termina comigo. Eu fiz dela o projeto da minha vida, eu trabalhei cada insegurança dela, eu fiz ela olhar pra vida com amor, eu fiz ela se cuidar e se tornar uma pessoa melhor, eu passei noites e madrugadas falando como a vida valia a pena e como eu sempre estaria aqui pra ela.
No fim, quando eu finalmente tenho o dinheiro, e as únicas coisas que me impedem de viajar pra ela são pandemia e timing da faculdade, ela não sente mais o mesmo por mim. Eu ainda sinto o mesmo que sentia por ela no primeiro ano do nosso namoro, mas não ela.
Eu me sinto abandonado, usado de certa forma, ela foi 1/4 da minha vida, e agora vai ser um inteiro com outra pessoa um dia. Eu sempre te coloquei antes de mim mesmo, agora vou ter que sofrer até me achar denovo.
Enfim, é isso, eu sou um idiota.
submitted by Somrandguy to desabafos [link] [comments]


2020.11.28 07:01 imashxwty Como me sinto atualmente

Acho que antes de começar a contar como estou me sentindo eu tenho que contar como tudo chegou até aqui, e acho que vou tentar resumir da forma mais breve, então vamos lá:

  1. Como eu era e o que deu início a isso tudo: antes de 2015 eu era um garoto normal, nada demais, ia pra igreja, falava com os outros, passava um muito tempo jogando joguinhos, sempre gostei muito de entrar em fóruns, seja pra conversar, baixar jogos, programas, isso sempre foi um traço meu. Nesse mesmo ano eu conheci uma garota, eu tava no 7° ano, ela era uma garota legal, eu gostava de falar com ela, só que ela era MUITO DEPRIMIDA, muito mesmo, e a gente tinha uma amizade muito boa, eu gostava muito, mas ela teve que se mudar do município por conta que o pai dela arrumou um bom emprego longe de onde eu moro, consequentemente ela saiu né. A gente continuou mantendo contato diário, naquela época que você usava um dia o SMS e o outro usava internet pra acessar as redes sociais no celular. Ela sempre parecia estar cada vez mais triste, até que um dia ela me ligou, falando que me amava, isso, aquilo, eu tentei acalmar ela, ela parecia nervosa, ela se acalmou, falou que ia descansar; no outro dia a mãe dela me ligou avisando que ela tinha se matado, se enforcou, eu nunca procurei saber o que causava tanta tristeza nela, eu era muito moleque também, quando ela morreu eu não fiquei tão deprimido quanto uma pessoa ficaria, achei que era plano de deus, algo do tipo, mas eu nunca botei muita fé em religião, só queria achar alguma forma de negar aquela situação.
  2. Como eu fui decaindo: Os dias iam passando, eu mudei de escola, fui para uma nova, mas sabe, cada dia que passava eu me sentia muito muito sozinho, e em 2015 mesmo eu tinha entrado em um fórum no reddit, e lá a galera compartilhava muito sobre uma cena underground de música, que atualmente é a galera do lil peep, $B, Bones, Yung lean, Tracy e etc. aquilo realmente me chamou atenção, realmente era um refúgio, então ao longo dos meses eu deixei de acreditar de vez em deus, tava amarradão nessas músicas, comecei a ver Naruto desde o começo, eu tava me distanciando de tudo ao meu redor. Chegou uma hora que eu não sentia mais nada, nem feliz, nem triste, apenas concluindo a escola, então eu conheci um garoto aí, ele tava fazendo engenharia sei lá o que, basicamente ele trabalhava em laboratório que fabrica remédios hospitalares e farmacêuticos, e a remessa que vinha com erro eram desviadas, e começamos a vender isso na escola, inclusive eu era um ótimo vendedor btw, eu estava fazendo apenas pelo dinheiro, nada mais, queria ver se o dinheiro me fazia sentir algo, 2k para um adolescente em uma quinzena é muita coisa né?, mas eu acabei saindo disso, não sentia ânimo com nada, estava cogitando em me matar também, a vida tinha meio que perdido o sentido, etc, etc.
  3. Como as coisas ficaram melhores: Em 2016, eu conheci uma garota pela net, eu era meio que "famoso", ela foi me dar parabéns no Facebook, mas eu a prior ignorei, tava com a cabeça encostada na parede pensando em tudo aquilo, na vida rasa que eu tava tendo, mas decidi responder a garota, e formos conversando, ela usava foto de anime, mas ela tinha me mandado uma foto sabe, e ela era muito muito linda, de verdade mesmo, pensando com o pinto comecei a dar em cima dela, mas percebi que não dava certo, pois tinha firmado meio que um laço de amizade, não sei bem explicar, foi a melhor amizade que eu tive, a gente se dava muito bem, fomos se conhecer e tal, a gente sempre se via, era uma amizade perfeita; em 2017 eu conheci uma outra garota, eu não me lembro como, realmente não sei como, mas se achamos no Instagram, falando sobre Boku no Hero, é um anime de herói btw, quando fui ver, a conversa era boa pra caralho, tipo, amava muito conversar com essa mina, e eu estava realmente gostando dela, a gente se via também 2x no mês, a gente ficava quando saia juntos, fazia uns negócios fofos, era muito lindo, vocês tinham que ver. Eu realmente tava muito feliz, tinha uma melhor amiga e praticamente uma namorada, eu amava muito essas duas pessoas.
  4. O declínio: Querendo ou não eu me tornei uma pessoa muito triste, desanimada com a vida, e pra me dar tão bem com essa amiga ela não era muito diferente né, acho que por isso se dávamos tão bem... entender a dor do outro e tal, era bom ter alguém assim pra conversar, mas a gente nunca pensou em tipo, chegar aos TRINTA ANOS, é muita coisa sabe, sei lá... e em 2018, infelizmente, ela se matou, ela pegou um revólver, botou na boca, mirou pra cabeça e apertou, eu cheguei antes das autoridades lá, e olha que eu moro longe, eu lembro de ter ficado estagnado na porta do quarto dela, olhando aquilo tudo, pensando que aquilo nunca poderia acontecer, vendo o sangue escorrer pelos fios do cabelo dela, foi muito bizarro... Essa minha quase namorada me ajudou muito, mas advinha só? sim, ela morreu também, num acidente de carro, em 2018 também, cara, eu fiquei tão arrasado, eu nem sei explicar, eu ia pedir ela em namoro finalmente, foi muito tenso. Então eu comecei a me drogar, e por ter conhecimento prévio e produto gratuito, antes dos 18 anos eu tive 2 overdoses e um princípio de uma, mas ninguém sabe, eu usava uma ID falsa, e isso tudo só piorou, desenvolvi depressão, esquizo, ansiedade, etc.
  5. Como estou hoje: Atualmente eu não sinto nada, nem bem, nem mal, é como se eu tivesse aceitado a morte, mesmo estando vivo, nada mais me da tesão, sabe, de fazer as coisas, as drogas não surtem efeito, eu tô num abismo mesmo, eu também não ando afim de me matar, eu vi no reddit mesmo um cara falando sobre se sentir mais ou menos assim, e deixou a vida andar, ele conheceu uma mina, constitui uma família com ela e ficou feliz, eu não quero ter uma família nem nada do tipo, apenas quero alguma felicidade pra ter uma vida normal de novo, ando todo ferrado mentalmente, tenho conquistado muitas coisas, mas nada disso me trás um ânimo, um fôlego, sei lá, talvez eu esteja morto mesmo.
submitted by imashxwty to desabafos [link] [comments]


2020.11.28 00:40 Moist_Use_6934 Um pouco de mim

Oi me chamo Leo, fiz 18 anos recentemente e de lá pra cá minha vida vem decaindo de ruim pra horrível, não tenho muitos amigos e os que eu tinha tive que abandonar por um namoro de quase 1 ano mais estamos passando por fases difíceis e não sei muito o que fazer, sinto que tudo tem um propósito mesmo que seja pela tristeza, e cai aqui por falta de amigos e por correr da tristeza aí procuro me esquivar em sites, lives, séries e etc... Esse é um pouco da minha linda história pra vocês
submitted by Moist_Use_6934 to desabafos [link] [comments]


2020.11.27 23:22 anon_jvitor Primeira vez, deu tudo errado

Eu (29H) e a minha namorada (29M) estamos juntos há 4 anos e meio, mas somos virgens no sentido de que nunca houve penetração. Ela foi a minha primeira e única namorada até hoje. Ela, evangélica, só queria sexo depois do casamento. Eu queria ter relações, mas não tinha escolha, então ficou assim mesmo. Eu me acostumei a ter prazer só nos agarrando de roupa mesmo. O problema é que aquela fase do fogo dos primeiros anos de namoro foi passando, e começamos a ter esses momentos de intimidade com menos frequência. Recentemente ela decidiu que quer perder a virgindade antes do trinta, e não esperar até o casamento. Eu confesso que nem sentia mais falta de penetração. Ela começou a tomar anticoncepcional. No dia em que já podíamos ter o "ato", ela escolheu uma lingerie e decoramos o quarto, fizemos algumas comidas. O problema é que eu não estava nem um pouco empolgado, se é que vocês me entendem. Quando fomos para o "ato", e fiquei acariciando ela, beijando, etc, mas não conseguia uma ereção. Depois de uns 20 minutos o menino começou a dar algum sinal de vida. Então eu fui abrir o pacote da camisinha, aí não conseguia rasgar, acabei broxando, passamos mais uns 10 minutos de carícias, aí fui tentar colocar a camisinha, negócio apertado da porra, e eu nem conseguia desenrolar até a base. Acabei broxando de novo tentando colocar. Aí mais uns 15 a 20 minutos de carícias, só que como eu broxei, a camisinha enrolou de novo e ficou só na ponta. Quando tive outra ereção, não consegui desenrolar e tive que trocar a camisinha, quase broxei de novo. Aí fomos para a penetração. Eu fiquei tentando colocar o pênis, já tava meio bomba nessa hora, aí eu não encontrava a entrada (sim, meus caros). Colocava o pênis lá embaixo, mas tudo parecia fechado, não encontrava onde dava para entrar, e a camisinha reduz a sensibilidade, então piorava as coisas, comecei a rir, e acabei broxando de novo. Ela queria continuar, mas aí eu já estava com fome, pensando em outras coisas, e acabou ficando para outro dia. É isso jovens.
submitted by anon_jvitor to sexualidade [link] [comments]


2020.11.27 21:55 ausdem O que acham disso?

Fiz esta conta só para falar um pouco de minhas paranoias, ou seja lá o que isso for.
Tenho 21 anos e namoro a um pouco mais de 1 ano. Há alguns dias atrás, minha namorada e eu estávamos conversando, quando em algum momento da conversa ela falou sobre seus antigos relacionamentos e experiências sexuais, e isso me deixou muito desconfortável e sem saber o que dizer, já que ela foi a minha primeira namorada e até meu primeiro beijo foi com ela. Ela notou um pouco, mas eu disse que estava tudo bem e que podia falar numa boa, mas parecia que quanto mais falava, pior eu ficava. Eu sei que não faz sentido eu ficar assim, mas é estranho sendo ela a minha primeira, sem falar que tenho medo de não ser tão bom. Fiquei um bom tempo do dia só pensando nisso tudo. É isso, brigado por lerem, e se possível, gostaria de saber o que acham ou como ficariam no meu lugar.
submitted by ausdem to desabafos [link] [comments]


2020.11.27 16:33 Naivor2 Namorada com vários amigos homens, 1 em especial (inclusive, falam que se amam)

Hoje eu me percebi em uma poça de ansiedade por causa do assunto no título. Eu não tenho amigas, nem tento ter e se tivesse, eu não seria assim tão ''chegadinho'' de uma mulher sendo que eu namoro outra. Acho uma falta de respeito, mas ela, não. E é ai que mora o problema, queria pedir um pouco de base de acordo com a experiência de algum de vocês, pois ela é a minha primeira namorada, e eu não sei o quanto eu posso ta sendo abusivo agora. Não sei nem o que fazer. O cara em questão, já ficou afim dela, mas ela não correspondeu e continuaram a amizade desde então. Não consigo imaginar um cenário em que eu faria a mesma coisa com ela, dizendo que ama a outra e tudo mais. Não acho que ela me traia, mas é só achísmo, e mesmo que não traísse, ainda me incomoda demais todo essa fofura com outro. Desculpem qualquer erro de português, não to conseguindo pensar direito

Edit: Obrigado a todos vocês que comentaram na genuína intenção de aconselhar, não tinha mais ninguém com quem contar. Bom, eu conversei com ela, disse que não tinha como continuar o relacionamento se ela dá tanta intimidade pra outros caras, e no fim, ela concordou. Então acho que de agora em diante o assunto é comigo em ter mais confiança nela. Eu estabeleci limites, e ela concordou, logo, ela entende que esse comportamento é mancada e eu acho que ela não volte a fazer. Enfim, mt obrigado a todo mundo que acompanhou até o desfecho dessa saga. Não sou de postar muita coisa, mas esse é um assunto que me incomodou de vdd.
submitted by Naivor2 to desabafos [link] [comments]


2020.11.27 04:29 Henrique_ee Eu preciso realmente de um relacionamento?

Eu tenho quase 17 anos, eu nunca tive um relacionamento com ninguém e eu só beijei uma garota em toda minha vida, eu sempre fui o tipo de pessoa que não ligava muito pra relacionamento e tals, mas de uns tempos pra cá, eu fico sempre me perguntando o porque não ter um relacionamento, principalmente nessa época de isolamento social, eu tenho gastado boa parte do meu tempo jogando com meus amigos, passamos o dia inteiro jogando nesses dias, mesmo assim eu ainda me sinto meio sozinho, mesmo estando conversando com eles todos os dias, mas um namoro é muito diferente de uma amizade, em vez de ficar o dia inteiro em call, eu poderia passar um tempo junto com a pessoa que eu amo, conversando, assistindo algo junto, desabafando dos meus problemas e etc.
Então, será que eu preciso de um relacionamento? Deixe um conselho pra min, se você leu até aqui pvf, obg!
submitted by Henrique_ee to desabafos [link] [comments]


2020.11.27 03:01 s_mas Meu ex ainda faz falta nos momentos importantes da minha vida

Terminei meu primeiro namoro faz 7 meses, e parece que até hoje não consigo ficar 100% satisfeita com minhas conquistas pessoais. Sempre fico pensando que gostaria que ele estivesse ali pra me apoiar, ou que ele seria a primeira pessoa pra quem eu contaria coisas importantes.
Eu me odeio e me sinto fraca por ainda me sentir assim. Eu não queria que ele sempre aparecesse na minha mente em conquistas e momentos que eram pra ser MEUS. O amor é difícil, desabafos.
submitted by s_mas to desabafos [link] [comments]


2020.11.26 13:54 reallyuglydoodles Minha ex não é quem eu pensei que ela fosse. E tudo bem.

Eu namorei com a Laura por uns 3 anos. Terminamos no começo de 2020, e semana passada ela veio me ver aqui em casa porque foi meu aniversário.
E isso aconteceu basicamente porque eu e a Laura mantemos a amizade, mesmo depois do término. Reconhecemos que somos pessoas muito importantes pra vida um do outro e que mesmo nosso namoro não tendo dado certo, ainda podemos ser amigos. E somos mesmo. Já tem quase um ano que a gente não está mais juntos mas mesmo assim, ela ainda me considera o suficiente pra vir me ver no meu aniversário e e ainda trazer um presentinho.
(Eu sei que estamos no meio de uma pandemia, mas já fazem meses que eu tô trancado em casa levando essa quarentena à serio e a Laura literalmente foi a única visita que eu tive nos últimos seis meses, e só porque foi meu aniversário mesmo).
Até aí, tudo certo. O questionamento começa quando eu pergunto se o atual namorado dela está de boa com ela vir visitar o ex-namorado. E pra minha surpresa, ela disse que o namorado não precisava saber que ela estava lá, que é mais fácil ela omitir esse fato, pediu até pra gente não tirar fotos pra não ter perigo delas acabarem caindo num Instagram da vida e o atual dela ver.
Cara, isso me deixou um tanto incomodado. Me fez pensar em quantas vezes ela deve ter feito o mesmo comigo enquanto a gente namorava. E o pior é que nem passava pela minha cabeça. Não que eu ache que ela alguma vez chegou a me trair nem nada do tipo, porque eu realmente confio muito na palavra dela e ela sempre diz que nunca teve nada com ninguém, e eu confio nela. Mas a questão justamente é que esse tipo de atitude dela enfraquece essa retórica, não é?
Sei lá, pareceu a ação de uma pessoa totalmente diferente daquela que eu namorei por vários anos. Eu não estou aqui pra crucificar a menina e me pintar como um santo que nunca errou na vida, mas eu realmente fiz um esforço pra ser sincero. Se eu queria ver alguém específico, eu estava confortável para dizer isso à ela e achava que o contrário também era verdade.
Essa ação dela me fez repensar tantos momentos no nosso namoro que poderiam ter uma interpretação ambígua, mas eu sempre dava a palavra dela como fator guia e todo o resto não importava. Tantas vezes em que ela foi "tomar um sorvete com uma amiga" e sumia por umas 3 horas, ou "a chefe dela disse que ela tinha que terminar aquele projeto logo e ela ia ter que fazer hora extra". Eu sempre aceitei esse tipo de coisa numa boa. Até porque eu pensava se ela quisesse fazer algo tipo ir ver alguém, ela simplesmente diria.
Isso me lembra aquela história de "a pessoa que sempre acha que você está traindo ela provavelmente está traindo você", sabe? Durante nosso namoro, eu tinha que basicamente dar um relatório do que estava fazendo o dia inteiro, qualquer contato com alguma pessoa que não fosse ela gerava uma crise de ciúmes, me isolei de um monte de gente porque "ela não gostava deles". Agora só vejo que ela estava espelhando seu mau comportamento em mim, sendo que eu nunca nem cheguei perto de fazer qualquer coisa parecida com o que ela fez. Nunca nem saí de casa sem que ela soubesse.
Eu nem acho que ficaria muito chateado se ela de fato estivesse me enganando esse tempo todo porque eu sou um cara muito flexível com namoro e meio que aceito que quando se está num relacionamento, existe o risco real da pessoa te trair independente do quão boa você seja pra ela. Mas isso sou eu - o namorado dela provavelmente não pensa como eu e fazer esse tipo de coisa com ele não é justo.
Dada a nossa história, eu não chego a desdenhar dela nem nada do tipo. Ainda acho ela uma garota maravilhosa, e não me arrependo nem um pouco do meu namoro com ela. Mas com certeza tirei ela daquele pedestal, onde só via ela como uma mulher angelical e perfeita que sempre era sincera comigo, e agora vejo ela muito mais como uma pessoa muito boa, mas com algumas características questionáveis. E sabe, tudo bem - eu me enquadro nesse aspecto também.
submitted by reallyuglydoodles to desabafos [link] [comments]


2020.11.26 06:46 elguadelejero Quero terminar mas nunca terminei com alguém antes, muito menos em uma pandemia estou surtando

Oi gente, tenho 23 anos e namoro uma garota de 24 anos, estamos juntos faz 1 ano e meio.

Tive a sensação de que queria terminar faz uns 2 ou 3 meses atrás, mas ignorei o sentimento, não queria atrapalhar o preparo dela pra um concuros, culpei a distância, pois ela estava na casa dos pais. Ela veio ficar comigo enquanto se preparava pra um concurso faz um mês mais ou menos, tava tudo bem no começo mas esse sentimento de querer terminar voltou com tudo duas semanas atrás e agora ela acabou indo mal no concurso e está bem mal com isso.
O foda é que não sei dizer o porque quero terminar bem ao certo ela é uma pessoa boa, gentil inteligente, eu me importo com ela e gosto dela, mas tenho me sentido sufocado e com vontade de estar sozinho. É o primeiro namoro dela e ela está super apaixonada por mim ainda, planeja coisas no futuro, me agradece por tudo que eu faço, fala que sou a melhor pessoa do mundo, sinto que ela me idealiza um pouco.

Tenho pensado em terminar proxima semana, antes dela sair daqui pra ir pra casa dos pais. Eu não sei o que fazer, não sei como terminar sem machucar ela, não sei se vou ter coragem, fico duvidando se é a coisa certa, mas toda essa coisa tá me fazendo mal e tem um monte de outra coisa que eu to tendo que lidar to surtando já. Só queria saber uma forma de lidar com isso em que ela não saia machucada.
submitted by elguadelejero to brasil [link] [comments]


2020.11.26 06:18 LukeMakki77 Totalmente sem saber o que fazer...

Bom, vamos lá
Namorei uma menina por 1 ano e 7 meses, terminamos na sexta-feira da semana passada (contra minha vontade, pois ainda gosto dela). Ela se dizia desgastada da relação após alguns leves desentendimentos entre nós e disse não estar mais interessada em mim. Essas palavras me machuram muito, pois eu sempre gostei muito dela, apesar de todos nossos problemas. Ela tem problemas de saúde, como depressão e ansiedade.
Nosso término ocorreu de forma até pacífica, em uma chamada de voz. Nessa chamada, ficamos longas horas conversando sobre o andamento da relação. Eu me dispus a resolver todos os problemas e tentar de tudo pra manter aquela relação... Mas como dito acima, ela me disse preferir que ambos seguissem seus próprios caminhos e vidas...
Nós sempre fomos muito próximos, nosso relacionamento surgiu através de uma profunda amizade no ensino médio e com o tempo nos apaixonamos. Nossa relação sempre foi muito tranquila, até que começou a pandemia...
Com a pandemia, não pudemos mais nos ver com tanta frequência, nossa solução foi encontrar algo para fazermos juntos a distância (inclusive nisso, descobri uma nova paixão, chamada League of Legends). Nós jogavamos todos os dias.
Porém,sentindo a ausência um do outro, nossa relação foi ficando mais superficial e menos emotiva. A gente se via eventualmente, mas já não era como antes...
Essa questão toda da distância e isolamento de tudo nos gerou diversos problemas, comecei a ter graves crises de ansiedade. Me tornei uma pessoa muito impulsiva. Inclusive, acabava sendo grosso excessivamente com ela, várias vezes, mesmo sem a intenção.
Isso foi desgastando a relação, mas não somente isso.
Ela foi criando novas amizades no jogo e já não passava mais aquele tempo todo longe de mim comigo. Ela, como já dito, tem problemas de ansiedade e depressão também.
Somando tudo isso, chegamos a uma situação onde a relação estava bem sobrecarregada.
Eu decidi procurar ajuda profissional e tem sido maravilhoso!
Todavia, os problemas do lado dela ainda não se resolviam e isso foi pesando, até que chegou sexta feira e terminamos o namoro (a pedido dela).
Passaram-se já alguns dias, busquei me manter bem ativo, mudei os móveis da minha casa de lugar, procurei trabalhos e cursos pra fazer e me aproximei de amigos do passado que me afastei. (Inclusive, me aproximei de uma amiga a qual já fui bastante apaixonado no ensino médio, antes da minha ex-namorada). Conversei com tudo isso sobre minha psicóloga e ela me deu total apoio e me disse estar lidando de forma bastante correta nessa situação, apesar de toda essa dor que eu sinto por dentro, afinal, ainda gosto dela.
Quarta-feira dia 25, minha ex pede urgentemente para que conversemos.
Decidi que não havia problemas e combinamos de eu ir amanhã na casa dela para buscar coisas minhas que estão lá, porém ela se sentiu incomodada, apesar de aceitar isso.
Todavia, ela pediu pra conversarmos no momento imediato via chamada. Eu aceito sem problemas.
Ela me liga chorando, dizendo que se arrependeu de tudo que me disse, que era mentira, que ela gosta sim e mim e me quer de volta. Ainda nas palavras dela "eu quero que tu cuide de mim".
Eu fiquei sem reação, eu prefiri optar por passar confiança a ela do que dar uma falsa esperança de que voltaríamos... Vou explicar:
Ela cogitou suicídio com toda essa situação...
Eu resolvi passar confiança pra ela em si mesma (o que eu tenho feito comigo)
Eu dei todas as qualidades dela, relembrei bons momentos da nossa relação e fiz com que ela se sentisse especial. Mesmo assim, não disse que ficaria com ela.
Eu admiti pra ela, estou com saudades, eu quero poder dizer que quero ficar com ela.
Mas ela magoou muito meus sentimentos e me machucou muito a forma como ela lidou inicialmente com isso.
Mas eu ainda gosto dela...
Só que eu tenho receio, ela pode estar pedindo por mim agora, mas na verdade ela só uma companhia pro momento difícil, e não por realmente me amar...
Eu aconselhei ela a buscar tratamento com um profissional e ela vai, além do mais, dei conselhos a ela sobre como ela pode superar essa "escuridão" toda que tem passado.
Eu do fundo do meu coração, desejo toda a felicidade e sucesso do mundo pra ela, mas não sei se eu sou o cara capaz disso, e com certeza eu não quero namora-la por pena.
Eu quero namorada por saber que eu a amo e ELA ELA AMA A MIM.
Mas como a saúde mental dela tá instável, não acredito que ela seja capaz de definir um sentimento por mim...
Amanhã vou na casa dela para buscar minhas coisas e ajudar ela em serviços na casa (só pra dar um ânimo)
Mas eu tenho medo de recair, estou indeciso
Eu a amo, mas não sei se devo amar
Não sei se eu realmente devo me sujeitar a esse relacionamento assim.
Estou sem saber o que fazer.
submitted by LukeMakki77 to desabafos [link] [comments]


2020.11.25 21:24 TheFidelis664 Me apaixonei pela minha melhor amiga

Conheci ela há um ano atrás, na época ela namorava um rapaz. A gente era só amigo e o relacionamento dela não ia muito bem, ela sempre dizia que queria terminar e tal. Então pra não parecer um babaca oportunista, eu sempre aconselhava ela a continuar o namoro ou pelo menos tentar. Até que ela decidiu terminar com ele. Duas semanas depois desse término, ela quis ficar comigo e a merda aconteceu: eu me apaixonei. A gente começou a ficar mais e mais próximo, passar o tempo todo juntos, eu realmente achei que ia dar em namoro, mas não. Ela só queria ter amizade colorida comigo... O pior golpe foi quando ela mesma me contou sobre ter ficado com outras pessoas e falar que queria continuar sendo apenas minha amiga. Hoje, eu fui na casa dela,conversei um pouco, tudo normal. Até que ela me falou que tinha chamado um amigo pra ir lá também. Eu fiquei com muito ciúme e inventei uma desculpa pra ir embora antes desse amigo chegar. Agora pouco ela me manda mensagem perguntando se eu tinha mentido pra ela sobre o motivo de eu ter ido embora e eu disse que não tinha motivo pra mentir. Não sei mais o que fazer, eu adoro a companhia dela mas eu realmente a amo. Não aguento ser apenas um amigo, isso tá acabando comigo. O que devo? Me afastar e ficar sozinho ou tentar esquecer esse amor impossível?
submitted by TheFidelis664 to desabafos [link] [comments]


2020.11.25 15:54 deuruimeagora tô namorando, eu acho

bom, é o título, uma guria me pediu em namoro ontem, só q eu nunca fiquei com alguém nem nada e não sei como fazer isso durar, alguém me ajudaaaa
submitted by deuruimeagora to desabafos [link] [comments]


2020.11.25 15:00 Abacaxi7 A gente não escolhe de quem gostar, e isso é terrível: relato e análise sobre amor não correspondido

Sou homem, tenho 26 anos, solteiro. Ano passado eu estava ficando com uma garota, eu achava ela legal porém não me sentia apaixonado ao ponto de assumir namoro. Em dezembro eu fui sincero com ela e terminei. Ela estava iludida e ficou triste, mas eu não queria continuar. Em janeiro conheci uma mulher que me virou a cabeça. É engraçado como a vida funciona, eu falei com ela a primeira vez pelo whatsapp e aquelas conversas já fizeram um bem danado pra minha alma. Pessoalmente ela é ainda mais incrível. Em resumo eu fiquei louco por ela, tentei ficar com ela três vezes mas ela não quis. O problema é que ainda somos muito próximos, toda semana ela pega carona comigo para outra cidade. E agora? A primeira garota voltou a me mandar mensagem, eu já falei claramente que não vai rolar nada novamente, já deixei ela no vácuo e ela não desiste de mim. E a segunda garota? Eu ainda gosto dela mas ela não gosta de mim para namoro. Eu a trato como uma princesa, quando eu olho pra ela parece que só tem ela naquele lugar, parece que não tem nada em volta. Mas eu acho que nunca conseguirei transformá-la em minha namorada. E pior que eu sinto ciúme dela. Seria tão fácil se eu pudesse gostar de quem gosta de mim. Eu tenho tanto amor no meu coração, tanta vontade de colocar pra fora o carinho que eu sinto mas quem desperta esses sentimentos em mim não está interessada neles. Eu sinto por outra mulher o que a primeira garota está sentindo por mim. E nesse história ninguém fica feliz.
submitted by Abacaxi7 to desabafos [link] [comments]


2020.11.25 06:16 cacsjuh Chifrada

primeira história
3 dias atrás postei aqui falando da dor do termino do meu primeiro namoro.
Hoje, um mês depois dele ter terminado por motivos bem bobos, ele me diz que me traiu. 2 vezes. Fazendo web sexo no omegle. Onde ele também conversou bastante com as meninas.
Desde que isso aconteceu ainda ficamos em um relacionamento por mais 4 meses, e nesse período minha mae de um emprego pra ele, que com 22 anos não tinha conseguido achar ainda.
Eu não to sentindo culpa de ter feito algo errado, não fiz. Só to me sentindo péssima e extremamente decepcionada. Como alguém pode ser frio ao nível de fazer isso e depois olhar na sua cara como se nada tivesse acontecido.
É isso amigos, de coração partido e fui chifrada no meu primeiro namoro.
A pergunta a partir de agora vai ser: como confiar em alguém dnv? Como amar alguém?
Tudo fica muito embaçado.
submitted by cacsjuh to desabafos [link] [comments]


2020.11.24 17:17 gaofeizinho Eu não consigo me livrar do meu passado e estou ficando cada vez mais sozinho

Meus dois últimos relacionamentos foram as piores experiências da minha vida, em ambos eu fui traído e acabei igual um otário kkk mas vamos por partes
Em 2018 conheci uma garota muito legal, eu tinha acabado de me mudar pra São Paulo e estava encarando os horrores de uma nova escola e ela me apresentou muitos amigos e me ajudou a encontrar um lugar e não ficar me sentindo solitário na escola, nosso relacionamento era bom, mas ambos tínhamos alguns problemas pessoas e a família dela realmente me odiava, mas como bons adolescentes idiotas pensamos que iamos conseguir continuar e tentamos, bem pelo menos eu... Depois de meses de namoro comecei a desconfiar, eu tinha um "melhor amigo" e ele era muito próximo de nós dois, mas eu tbm conhecia a namorada dele então achei de boa(Grande erro) meus outros amigos me avisaram mas eu tava com medo de ser verdade então tentei negar, em fim, aconteceu guys.
Numa festa eles dois ficaram juntos, e eu vi então não tinha mais como negar, naquele momento todas as vezes que ela tinha me dito que era pra eu confiar nela passaram pela minha cabeça e eu percebi o quanto fui otário.
Uma amiga minha próxima se suicidou e eu sofri muito com isso, mas não tinja ninguém com quem conversar então sempre guardei isso pra mim. Por muito tempo me senti sozinho e não busquei mais amizades duradouras ou bons relacionamentos.
Aconteceu praticamente a mesma coisa no outro namoro, mas ela pelo menos terminou antes de eu poder ter certeza de algo kkkk mas uma semana depois tava namorando então fds
Já conheci inúmeras pessoas incríveis mas não consigo começar uma relação saudável porque eu não consigo confiar em ninguém, muitas pessoas se afastaram e fiquei me sentindo sozinho...MAS conheci alguns amigos bons e em particular a Gabi, que é minha melhor amiga, ela me ajudou muito e sempre ficou do meu lado, nunca conheci alguém que me confortasse tanto e me desse tanta paz, a gente joga junto, assisti filmes, séries, animes e conversamos sobre os livros que lemos. É alguém que me faz bem e que me salvou nessa quarenta, porque viver com minha família não é um bom ambiente pra me abrir.
Mas infelizmente acho que acabei me apaixonando por ela, eu acho que o problema sou eu e eu só sou um cara carente e patético... eu não consigo dizer pra ela oq sinto porque tenho medo de ser rejeitado e também medo de passar por tudo aquilo de novo, eu não consigo mais conversar com a gabi e acabei me afastando por causa do medo, e isso tem me torturado ao longo dos dias, lembrar do passado e do medo de estar sozinho dnv me mata por dentro e eu acho que não vou conseguir seguir em frente.
Eu praticamente desisti e acho que já estraguei tudo com ela, pode não ter mais volta e eu não quero dizer isso pra ela porque acho patético eu estar assim por algo do passado e sendo que é com certeza algo não recíproco. Enfim, talvez eu deva desistir pra não piorar as coisas
Enfim, se leu até aqui obrigado, acho que eu precisava falar isso mesmo que tenha saído tudo desconexo, mas ainda não sei oq fazer kkk
submitted by gaofeizinho to desabafos [link] [comments]


2020.11.24 16:12 Raphaelrr05 Sofrendo com término de namoro

Faz 2 meses q meu namoro acabou e eu nao consigo superar, ta me fazendo bem mal. Pra começar esse namoro era a distância pq eu tive que me mudar de estado, eu fazia planos de visitar ela todo ano e se desse duas vezes por ano. A gente fez promessas e tal e ate comprei um anel de compromisso. No começo do ano ela quis um tempo pq eu nao tava sendo atencioso e até ai beleza pq ela tava certa ai depois de uns 2 meses a gente volta a se falar e ainda temos sentimentos pelo o outro aí voltamos, eu mudei tudo que fez com que ela pedisse esse tempo e pensei que daria certo mas foi a vez dela de fazer cmg o q eu fiz com ela, nao respondia as msgs, nao queria fazer nd juntos, que seja assistir filme ou ficar em call( coisa q ela pedia direto p fazer) sendo que depois de voltarmos eu que chamava pq queria demonstrar que mudei. Entao ela terminou cmg pq a relação esfriou e eu pensei: “ beleza nao posso forçar ela a nada.” E achei que eu tava de boa. Mas foi aí que eu tava errado, pq ela tbm era minha melhor amiga, e como eu me mudei eu n tinha nenhum amigo nessa cidade nova. Comecei a me sentir muito sozinho pois igual eu conversava com ela nao tinha ninguém pra conversar. Ja ela aparenta estar super feliz, saindo com as amigas, se cuidando, tirando foto sorrindo, etc, ( coisa que ela sequer fazia cmg, mal sorria, mal saía, enfim) , com isso eu senti até que eu fazia mal pra ela, sendo que eu sempre incentivei ela a fazer tudo isso e ela nunca fez cmg. Toda vez que olho a foto dela( e eu nem vou atrás pra olhar, quando olho é sem querer no stories de outras pessoas) bate uma tristeza, arrependimento, saudade. Eu acabei percebendo que eu estou também com inveja ja que ela tem todas as amigas pra dar suporte, chamar pra sair e os crl, ta super bem e eu aqui sem ninguém pra sair junto, conversar e nem da pra conhecer pessoas novas por causa da pandemia. Ja deixei de seguir ela em tudo mas ela n sai da minha cabeça, e depois do término ela ta muito mais bonita, isso me dói pois como ja disse antes faz parecer que eu fazia mal e ela ou sla. E eu nunca fui abusivo e sempre apoiei ela nas decisoes que tomava e nas situações que passava. Se algm puder me dar dicas pra superar isso eu agradeço.
submitted by Raphaelrr05 to desabafos [link] [comments]


2020.11.24 12:59 SantRuan Eu estava muito bem solteiro até que ...

Bem, dois anos atrás eu conheci uma garota linda no RJ em uma festa, pqp, foi tiro e queda. Devido a vários motivos da vida a gente teve que deixar de se falar, mas foi algo muito de boa para os dois lados.
Pandemia chegou, estava muito bem comigo mesmo, solteiro, cheio de contatinhos até que eu vejo uma solicitação no insta. Era ela. Eu nem me lembrava dela direito e meu core chegou a acelerar. Enfim, eu dei toda a atenção que podia, deixei ela como a preferência entre os meus contatos. Sério, se tudo fluísse bem a ideia era um namoro tranquilamente. Além disso, eu detesto ser uma pessoa que pega no pé de alguém, eu sempre dou a liberdade pra minha parceira de fazer o que quiser da vida e não a sufoco com conversas diárias do tipo "oi, tudo bem?".
A gente só teve um encontro e no pouco tempo livre que eu tenho eu tentava marcar algo com ela, mas ela nunca podia. 5 meses depois ela já não fala mais nada, não parece ter interesse algum e eu já tinha avisado que se não houver o mínimo de atenção não há relação. Ontem um amigo meu me mostrou ela no Tinder (eu sei que como estamos solteiros não existe nada de errado nisso, mas ela aparentava querer fechar um rel. comigo no início, então quando eu a vi por lá eu meio que e percebi que ela não tinha mais interesse nisso) eu deletei ela das minhas redes. Sinto que criei muita expectativa em alguém e não sei o que fiz de errado. Eu perdi várias oportunidades com outras e me decepcionei com ela.
Isso tá mais pra um desabafo
submitted by SantRuan to relacionamentos [link] [comments]


2020.11.24 04:05 yasuoLIXO Sou estranho?

Ent acabei de fazer 17 anos e nunca namorei na minha vida, nao que eu seja um tipo de incel("celibatário involuntário") pq eu nao tenho problema de falar com garotas e tbm n é dificil de ficar c elas mas sla a unica coisa do tipo foi um tipo de "namoro" por 1 mes c a filha de 1 professor, nem era serio e acabou rapido ent sla vejo q a maioria namora ou ja namorou (e n é mais vigem tbm) ent sla to me sentindo meio atrasado. Mas ja vou entrar na facul agora e espero que isso mude kk
submitted by yasuoLIXO to desabafos [link] [comments]


2020.11.24 02:27 goofbeast Primeiro Namoro

Eu sempre foi um cara muito timido e fechado com relação a sentimentos, muitos me julgam "gay" só por eu parecer não admirar garotas da minha idade, na vdd, eu admiro muitas meninas, só que tenho vergonha desses assuntos. Com a adolescência, comecei a gostar de uma menina aqui do meu predio, não contei pra ninguém. Logo mais, descobri que ela tmbm gostava de mim, ai fiquei muito feliz, primeira vez q teria um namoro correspondido, no começo foi um amor que só, apesar de gente nem se falar, trocavamos olhares, e tal. Pedi ela em namoro e ela aceitou. Porém, é um namoro muito estranho, nós nem se falamos, raras vezes se falamos, o máximo que fazemos é abraçar um ao outro. Mas ela ainda gostava de mim, pois sentia ciumes de mim. Porém, as coisas começaram a ficar confusas, ela parou de falar comigo mais ainda, o ciumes q ela sentia, se foi, ela tinha salvo meu contato de um jeito fofo, mas ela mudou...tenho vergonha de perguntar isso pra ela ou pra amiga dela, e to muito confuso...sera q ela nao gosta mais de mim? Sera q isso é tudo paranoia? Sera q eu termino com ela ou espero pra ver? Socorro
submitted by goofbeast to desabafos [link] [comments]